Crônicas de um país sem sobrenome

Senhores leitores, boa noite.

Muito tem se falado sobre o tal blog da Bethânia, vinculado ao Ministério da Cultura, que tem como meta publicar um vídeo de alguma poesia nacional consagrada por dia, ao longo de um ano. Isso todo mundo sabe. Assim como, todo mundo também sabe que esse projeto vai custar R$1,3 milhão aos cofres públicos, pela tal da Lei Rouanet.

Burburinhos totalmente a parte, o SAC BdQ resolveu responder 12 dúvidas dos telespectadores que, até então, boiaram nessa discussão toda (uns 50% da população brasileira), ou que ainda tem dúvidas com relação a um ou outro aspecto do projeto (103% do nosso povo). e, logicamente, de forma acessível para que 110% dde nossos leitores entendam de uma vez essa coisa.

Em caso de dúvidas, ligue para 0800-GOOGLE. Boa leitura!

1 – O que é o Ministério da Cultura?

Começamos bem, hein? Vamos lá: Um ministério tem por objetivos básicos formular leis e regular, em território nacional, algum determinado aspecto da realidade do brasileiro. Temos o Ministério dos Transportes, Saúde, Educação, Agricultura, Fazenda (não é a mesma coisa, acredite), Casa Civil, dentre outros. No caso, o Ministério da Cultura trata dos assuntos do governo relacionados à (uma maria-mole pra quem adivinhar)… cultura. Eles ficam ali, ó:

2 – O que é cultura?

Putz… se você pensou naquelas coisas todas eruditas, com orquestras e maestros, pinturas todas borradas, ópera e seus diversos significados que ninguém entende, estátuas de homens pelados e de pinto pequeno, você está parcialmente certo. Digo parcialmente, pois cultura é mais do que isso. Na verdade, cultura é tudo aquilo que define, de forma geral, os costumes e pensamentos de um determinado povo, e isso inclui, infelizmente, esse maldito funk que você escuta no celular dentro do busão pro serviço, e sem fones de ouvido (argh!!). Edward Tylor, antropólogo britânico de alguns vários anos atrás, definiu cultura como “aquele todo complexo que inclui o conhecimento, as crenças, a arte, a moral, a lei, os costumes e todos os outros hábitos e aptidões adquiridos pelo homem como membro da sociedade”. Outros autores como… tá, parei, já deu pra entender, né?

3 – O que é um blog?

Hmmm… basicamente falando, um blog (palavra derivada de “web-log”) é um site de atualização rápida em que o proprietário pode adicionar o conteúdo que desejar, sem a necessidade de imparcialidade, podendo, portanto, expressar sua opinião sem compromisso direto com a realidade. Resumindo: um blog é um negócio que permite que simples mortais, sem fama e dinheiro no bolso, munidos apenas de imaginação e um computador com acesso à net, possam se expressar publicamente pra todo mundo ler. E é de graça, pra quem lê e pra quem publica, genial! Para exemplificar, existe um blog bem bacana, dentre os melhores da internet (até ele concorda), que fala sobre o seu país, e se chama “Brasil do que”, conhece? Vale a pena, com certeza: digite “brasildoque.wordpress.com” (sem aspas) na sua barra de navegação lá em cima, aperte “enter” e aproveite!

4 – E essa Lei Rouanet aí, é de comer?

A Lei Rouanet (originalmente, Lei Federal de Incentivo à Cultura, nº 8313, de 23 de dezembro de 1991) diz, basicamente, o seguinte: tem-se como diretrizes para a cultura nacional a promoção, proteção e valorização das expressões culturais nacionais, e qualquer órgão, pessoa física ou jurídica, que realize doações para atividades culturais vinculadas ao Ministério da Cultura ou à órgãos culturais estaduais, pode ter o valor da doação abatido no imposto de renda anual. Em outras palavras: o valor que você doa para órgãos culturais no Brasil é o valor que você deixa de pagar para o governo no começo do ano. Bacana, né?

5 – Ainda não entendi. Esse dinheiro vai ou não sair do meu bolso?

Sim e não. Se por um lado não é o governo quem diretamente pagará os tais R$ 1,3 milhão para a Maria Bethânia e pro Andrucha Waddington, e assim não será o seu bolso o esvaziado pra criação desse blog, por outro lado essa receita deixará de ser arrecadada pelo governo, ou seja, é R$ 1,3 milhão a menos de receita federal anual que poderia, sim, ser destinada e investida em outros setores sociais relevantes (lembra daquele papo dos ministérios? Então…)

6 – CARAAAACA!!! R$ 1,3 MILHÃO????

Pois é, esse é o valor que, espera-se, seja doado para Maria Bethânia e Andrucha Waddington para a realização dos 365 vídeos de poesia programados ao longo desse 1 ano de projeto. Veja que, nesse valor, estão inclusos os gastos com material de filmagem, efeitos especiais, sonorização, compra de direitos autorais dos poetas ainda vivos, ou seja: esse dinheiro todo não vai exclusivamente para o bolso dos dois gaiatos que caíram no meio dessa polêmica toda, só uma parte disso será lucro a eles. Ainda parece injusto?

7 – Quem é Andrucha Waddington?

É esse cara aqui a esquerda. Sim, Andrucha é um cara… Andrucha Waddington, que na verdade se chama Andrew, é brasileiro, carioca, diretor e produtor de cinema e publicidade, e seu nome está sempre aparecendo em um ou outro filminho nacional bacaninha, como “Eu, Tu, Eles” (aquele com a Regina Casé se achando gostosa) e “Casa de Areia” (filmaço de 2005, com a quase oscarizada Fernanda Montenegro e a sua filhinha sem seios). A propósito, se isso te deixa mais simpático com o rapaz de nome gringo, ele é casado com a Fernanda Torres. Não conhece? Acabamos de falar nela, a  filhinha sem seios da Fernanda Montenegro! Não ainda? E se eu falar da Vani, dos Normais? Proooonto!

8 – E quem é Maria Bethânia?

Tá de brincadeira, né? Que dizer de um povo que sabe o nome completo de qualquer MC Créu da vida, e não faz idéia de quem seja a Maria Bethânia? Toma vergonha na cara e não faz essa pergunta aqui, assim, em público! Clica logo aqui e vai pra próxima pergunta!

9 – Mas poxa… R$ 1,3 milhão????

Jura que ainda acha muito? Ok, um blog, teoricamente, é algo que se pode fazer de graça, e consideremos, também, que ninguém está implorando para que estes vídeos sejam realmente feitos: não vai mudar radicalmente a vida de ninguém. Pensa, criatura: o que é R$ 1,3 milhão pra declamar um poema por dia, quando se paga com prazer R$ 1,5 milhão prum “brother” qualquer respirar e mostrar o bíceps por 3 meses? Está mesmo tão difícil aceitar um investimento desses pra uma coisa tão bonita como poesia? Ah é, você não lê nada nacional, estranhou o cara se chamar Andrucha mas se apaixonou por um vampiro homossexual chamado Edward… fique sabendo que existem poemas realmente lindos, que podem, sim, mexer com você, leitor. Abra sua mente, pare de pensar nos investimentos da Copa do Mundo (R$ 33 bilhões de reais até 2014. Sim, você leu certo: BILHÕES!!), e deixe um pouco de cultura de verdade entrar nesse seu cerebrozinho viciado em BBB, prometo que faz bem, ok?

10 – Podiam me chamar no lugar da Bethânia pra fazer isso, né?

Desculpe por cortar seu barato, querido leitor, mas você é filho da Dona Canô? Volte lá na pergunta 8, clica no link que foi passado, por favor.

Ráá, pegadinha do malandro!!

11 – E o que é que eu vou fazer com esses vídeos afinal?

Assista, ué! Poesia nunca é demais pra ninguém, ainda mais quando se vangloria uma cultura secular brasileira de poetas esquecidos pelos simples mortais, de obras realmente fantásticas e tipicamente brazucas, e se você pegar gosto pela coisa (tomara), parte dos objetivos do blog estarão plenamente satisfeitos.

12 – Não gostei, eu sou contra, não quero que meu governo faça isso. Tem coisa muito melhor pra fazer com esse dinheiro todo.

Desculpe aí, “senhor revoltadinho”. Resolveu ter consciência política agora, foi? Infelizmente, não é a primeira nem a última vez que o governo vai fazer alguma coisa contra a sua vontade, mas deixe seu incômodo com isso para assuntos que realmente valham mais a pena, e dê um viva à cultura nacional. Pronto falei!

PS: calculo que, aproximadamente, 34,75% dos leitores desse texto pararam no “poxa, a Vani não tinha seios?” Pra esses, eu dou uma força: clique aqui. Sim, ela pôs silicone, só pra constar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: